November 11, 2013 / 10:45 PM / 5 years ago

Dilma diz que fará substituições no ministério até final do ano

11 Nov (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira que fará “substituições” em sua equipe de governo até o final do ano, sinalizando que ministros que devem concorrer nas eleições do ano que vem deixarão seus cargos até o final de 2013, antes do prazo legal para quem pretende se candidatar em 2014.

Em breve entrevista a jornalistas que acompanhavam sua viagem a Lima, no Peru, a presidente confirmou que fará trocas no primeiro escalão e negou que passará o ano em que tentará a reeleição com os atuais secretários executivos à frente dos ministérios.

“Não, não, não. Eu vou fazer substituições”, respondeu a presidente ao ser questionada se efetivaria os secretários executivos em 2014.

Indagada se as mudanças que faria seriam efetivas, a presidente respondeu: “Agora, já dei essa notícia”.

Entre os integrantes do primeiro escalão que devem deixar o governo até o final do ano para disputar as eleições está a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, que deve disputar o governo do Paraná pelo PT.

O prazo para que ministros deixem o governo para disputar as eleições do ano que vem é de seis meses antes da eleição, cujo primeiro turno está marcado para 5 de outubro.

Reportagem de Eduardo Simões, em São Paulo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below