November 16, 2013 / 11:55 AM / 5 years ago

Maldivas elege novo presidente neste sábado

MALE, 16 de Nov (Reuters) - Eleitores nas Maldivas se aglomeravam nos pontos de votação neste sábado para escolher novo presidente, esperançosos de que o desenrolar da eleição resolva uma crise política de dois anos que atingiu o vital setor de turismo na ilha paradisíaca. Três tentativas anteriores de eleger um novo líder foram anuladas ou adiadas ao mesmo tempo em que o favorito Mohamed Nasheed ao parlamento se chocava com a velha guarda da política apoiado pelo Supremo Tribunal Federal. Eleitores na fila do lado de fora da Escola Kalaafaanu expressara mal estar sobre o resultado da votação, depois de uma campanha agressiva feita pelos dois candidatos ao cargo, seguinda de esporádicos protestos violentos nos últimos meses. “O dia de hoje é absolutamente fundamental para a democracia e para o futuro do nosso país “, disse Fareesha Abdulla, 48 anos. “Isso vai determinar se nos tornamos uma democracia ou uma ditadura.” Nasheed, que se tornou o primeiro presidente eleito democraticamente das Maldivas em 2008, deixou o cargo no ano passado, no que ele disse ter sido um golpe.

Ele ganhou 47 por cento dos votos no primeiro turno das eleições, há uma semana, menor que os 50 por cento necessários para evitar um segundo turno.

Ele é adversário de Abdulla Yameen, meio irmão de Maumoon Abdul Gayoom, que governou o país por 30 anos e é considerado um ditador por opositores e grupos de direitos.

O resultado da eleição será anunciado na manhã de domingo.

Reportagem de J.J Robinson

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below