November 16, 2013 / 1:52 PM / 4 years ago

Atentado em Cabul ocorre antes de decisão sobre futuro de tropas dos EUA no Afeganistão

Por Hamid Shalizi e Mirwais Harooni

CABUL, 16 de Nov (Reuters) - Um suicida bateu seu carro no veículo do exército afegão neste sábado, dias antes de as elites políticas e tribais do Afeganistão se reunirem para discutir um pacto de segurança com os Estados Unidos.

O ataque aconteceu poucas horas depois de o presidente afegão, Hamid Karzai, apelar ao Taliban para que participe da assembleia Loya Jirga, que se reúne na próxima quinta-feira para decidir se será permitido que algumas tropas dos EUA permaneçam no Afeganistão depois de 2014.

“Um de nossos soldados foi martirizado e três ficaram feridos quando um homem-bomba em um carro bateu nosso Humvee”, disse o general Zahir Azimi , porta-voz do Ministério da Defesa afegão.

Ninguém reivindicou imediatamente a responsabilidade pelo ataque.

Um repórter da Reuters viu pelo menos seis feridos, um grande incêndio sem controle e vários carros destruídos.

Um porta-voz da polícia de Cabul , Hashmat Stanekzai , disse que havia pelo menos 15 mortos e feridos como resultado do ataque, mas que não poderia fornecer mais detalhes imediatamente.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below