November 19, 2013 / 11:24 PM / 5 years ago

Maduro vai governar Venezuela por decreto durante um ano

CARACAS, 19 Nov (Reuters) - A Assembleia Nacional da Venezuela concedeu nesta terça-feira ao presidente Nicolás Maduro poderes para governar por decreto por um ano, algo que o mandatário diz ser necessário para regular a economia e combater a corrupção, mas que seus adversários criticam como uma excessiva concentração de poder.

Depois de um acalorado debate, o Parlamento, de maioria governista, deu luz verde para a lei, que permitirá que o herdeiro político do falecido Hugo Chávez governe sem ter que submeter suas propostas ao Congresso.

Maduro adiantou que aprovará duas leis, uma para garantir margens máximas de lucro às redes de abastecimento e outra que criará um novo marco para regular as importações e promover as exportações.

“Eu peço união a todo o país para continuar consolidando a ofensiva econômica e proteger o povo contra os capitalistas predadores que o roubam”, escreveu Maduro nesta terça-feira em sua conta no Twitter.

Maduro, que venceu a eleição presidencial de abril por estreita margem, lançou dias atrás uma ofensiva contra várias empresas para que reduzam os preços para o que ele considera um nível “justo”.

Por Diego Oré, com reportagem adicional de Eyanir Chinea

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below