26 de Novembro de 2013 / às 09:59 / em 4 anos

Rebeldes sírios dizem que não vão parar confronto para negociação de paz

BEIRUTE, 26 Nov (Reuters) - O chefe do Exército Sírio Livre disse nesta terça-feira que as forças rebeldes leais a ele não vão participar da conferência de paz marcada para janeiro na Suíça, e vão continuar a lutar para derrubar o presidente Bashar al-Assad durante as negociações.

Combatentes do Exército Sírio Livre descansam em uma refúgio no subúrbio sul de Aleppo. O chefe do Exército Sírio Livre disse nesta terça-feira que as forças rebeldes leais a ele não vão participar da conferência de paz marcada para janeiro na Suíça, e vão continuar a lutar para derrubar o presidente Bashar al-Assad durante as negociações. 23/11/2013. 23/11/2013. REUTERS/Malek Al Shemali

“As condições não são adequadas para a realização das conversas Genebra 2 na data proposta, e nós, como uma força militar e revolucionária, não vamos participar da conferência”, disse o general Salim Idriss ao canal árabe de notícias Al Jazeera.

“Não vamos parar o combate durante a conferência de Genebra ou depois dela, e o que nos preocupa é conseguir as armas necessárias para nossos combatentes.”

Reportagem de Erika Solomon

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below