November 30, 2013 / 3:27 PM / 5 years ago

Protestos na capital tailandesa pedem queda de premiê

Por Amy Sawitta Lefevre e Martin Petty

BANGKOK, 30 Nov (Reuters) - Uma multidão anti-governo na Tailândia atacou pessoas e veículos perto de um comício de militantes favoráveis à primeira-ministra, Yingluck Shinawatra, neste sábado, enquanto manifestantes derrubavam barricadas e se preparavam para ocupar escritóios do governo.

Manifestantes aumentaram o valor da aposta e ocuparam brevemente o quartel-general do exército na sexta-feira, instando-o a se juntar a eles na complexa luta de poder centrada na longa influência política exercida pelo irmão bilionário da premiê, o primeiro-ministro deposto Thaksin Shinawatra.

O ataque ocorreu na área de Ramkamhaeng, local densamente povoado que abriga o estádio de Rajamangala, onde os pró-governo, chamados “camisas vermelhas”, faziam um comício, temendo um golpe militar.

A tensão destaca quase uma década de conflito que opõe altos oficiais militares, monarquistas e a classe média urbana contra os apoiadores de Thaksin, majoritariamente rurais.

Reportagem adicional de Damir Sagolj

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below