December 12, 2013 / 9:43 AM / 4 years ago

Ucrânia garante que não usará tropas contra manifestantes, diz Pentágono

WASHINGTON, 12 Dez (Reuters) - A Ucrânia assegurou aos Estados Unidos que tem uma política contrária ao uso das Forças Armadas contra manifestantes, informou o Pentágono na quarta-feira, após o governo norte-americano ter expressado preocupação com a ação de policiais de choque em protestos contra o governo.

O secretário de Defesa dos EUA, Chuck Hagel, em telefonema ao colega ucraniano, Pavlo Lebedyev, pediu moderação e alertou sobre os “possíveis danos de um envolvimento dos militares para parar os manifestantes”, disse o porta-voz do Pentágono Carl Woog.

O ministro ucraniano disse que transmitiria a mensagem diretamente ao presidente Viktor Yanukovich, que enfrenta manifestações pedindo sua renúncia após ter abandonado um acordo comercial com a União Europeia e aproximado a Ucrânia ainda mais da Rússia.

“O ministro Lebedyev garantiu que a posição do presidente Yanukovich é de não usar as Forças Armadas contra manifestantes”, disse Woog.

Manifestantes ucranianos permaneceram em suas posições na quarta-feira, depois de uma ação noturna das tropas de choque para tentar dispersá-los da Praça Independência. A polícia foi forçada a recuar diante da resistência.

Reportagem de Phil Stewart

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below