December 21, 2013 / 5:04 PM / in 5 years

China expressa "fortes preocupações" com gastos militares do Japão

PEQUIM, 21 Dez (Reuters) - O ministro da Defesa da China definiu neste sábado que o plano do governo japonês de aumentar suas despesas militares pela primeira vez em dez anos é muito preocupante para os países da Ásia e do mundo, afirmando que a medida se opõe à política de boa vizinhança dos dois países.

Nessa semana, o Japão disse que vai elevar os gastos militares em 2,6 por cento em cinco anos, comprando aviões, veículos de assalto e aviões cargueiros.

O plano é visto como o mais claro sinal do primeiro-ministro japonês Shinzo Abe na tentativa de elevar o poderio bélico do país para atender ao que entende como uma ameaça devido ao rápido crescimento militar da China.

A China alegou que os planos militares do Japão levantam questões sobre a possibilidade de o país ir além de sua defesa e construir-se como um poder de combate ofensivo.

“O Japão julga-se um país pacífico, exclusivamente aderindo as medidas por uma política de defesa. Ainda assim, ele vende uma imagem de ‘pacifismo ativo’”, disse o Ministério da Defesa chinês em um comunicado em seu site na web.

Ambos os países tem almejado a posse de pequenas ilhas no Mar da China Oriental, com as tensões estourando no mês passado, quando Pequim anunciou uma zona de defesa que abrange uma grande área, incluindo as ilhas.

Reportagem de Koh Gui Qing

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below