February 10, 2014 / 12:22 PM / 4 years ago

Polícia russa mata 4 militantes no Norte do Cáucaso

MOSCOU, 10 Fev (Reuters) - A polícia russa matou quatro militantes em um tiroteio numa casa no Norte do Cáucaso, disseram autoridades na segunda-feira, em mais um sinal da preocupação com a segurança na região durante a Olimpíada de Inverno de Sochi.

Dois policiais patrulham a cavalo perto do Parque Olímpico, em Sochi. A polícia russa matou quatro militantes em um tiroteio numa casa no Norte do Cáucaso, disseram autoridades na segunda-feira, em mais um sinal da preocupação com a segurança na região durante a Olimpíada de Inverno de Sochi. 07/02/2014 REUTERS/Eric Gaillard

O tiroteio aconteceu no sábado, depois que a polícia cercou uma casa usada por militantes na região do Daguestão, que fica a cerca de 600 quilômetros de Sochi, na outra ponta da cordilheira do Cáucaso.

Não há indicações de que o incidente tenha relação com o evento, embora os militantes tenham ameaçado perturbar o andamento da Olimpíada, na qual o presidente Vladimir Putin investiu grande parte do seu capital político e prestígio pessoal.

O jornal Kommersant disse que entre os mortos do sábado há um cidadão de etnia russa convertido à insurgência islâmica.

Especialistas dizem que o uso de cidadãos de etnia russa pela insurgência mostra que os militantes estão ampliando seu alcance, numa estratégia que poderá evitar sua detecção em áreas fortemente policiadas, como Sochi.

Reportagem de Thomas Grove

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below