February 21, 2014 / 12:07 PM / in 4 years

Ministro da Saúde deixa cargo temporariamente para assumir posto em universidade

SÃO PAULO, 21 Fev (Reuters) - O ministro da Saúde, Arthur Chioro, foi exonerado a pedido nesta sexta-feira, mas reassumirá o posto assim que tomar posse como professor universitário, informou o Palácio do Planalto.

O ministro da Saúde (quarto ministro à direita), Arthur Chioro, durante posse de novos ministros no Palácio do Planalto, em Brasília. Nesta sexta-feira, Chioro pediu para ser exonerado temporiariamente, até tomar posse como professor universitário. 03/02/2014 REUTERS/Ueslei Marcelino

A exoneração de Chioro foi publicada na edição desta sexta do Diário Oficial.

Posteriormente, o Planalto esclareceu que a demissão do ministro é uma medida burocrática, já que enquanto estivesse no comando da pasta ele não poderia assumir o cargo de professor universitário em instituição pública.

Ele será novamente nomeado ministro quando pedir licença como professor.

Enquanto isso, Mozart Júlio Tabosa Sales responderá interinamente pelo ministério.

O Planalto informou que o Chioro deverá ser reconduzido em breve, sem dar detalhes de prazo.

Reportagem de Eduardo Simões

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below