February 21, 2014 / 10:09 PM / 5 years ago

STF determina prisão de Roberto Jefferson, delator do mensalão

BRASÍLIA, 21 Fev (Reuters) - O Supremo Tribunal Federal (STF) expediu nesta sexta-feira o mandado de prisão de Roberto Jefferson, delator do mensalão, como ficou conhecido esquema de compra de apoio político no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Condenado a mais de 7 anos por lavagem de dinheiro e corrupção passiva, Jefferson era deputado federal e presidente do PTB à época do escândalo. Também recebeu recursos do esquema, mas teve a pena atenuada pela Corte por ter denunciado o caso.

Segundo a assessoria do STF, Jefferson cumprirá pena em regime semi-aberto mas não há detalhes sobre quando será efetivamente preso.

O julgamento resultou na condenação de 25 réus, dentre eles lideranças petistas da época, como o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.

Na próxima semana, o Supremo deve iniciar a votação de embargos infringentes do processo, recurso que questiona condenações pelos crimes de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Reportagem de Maria Carolina Marcello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below