February 23, 2014 / 12:17 PM / 5 years ago

Confidente de Yulia Tymoschenko se torna presidente temporário da Ucrânia

KIEV, 23 Fev (Reuters) - O porta-voz do parlamento ucraniano, o confidente mais próximo da oposicionista liberta Yulia Tymoshenko, foi designado temporariamente como presidente do país neste domingo, seguindo a saída de Viktor Yanukovich.

Yanukovich abandonou a capital no sábado, dirigindo-se ao leste onde denunciou o que chamou de “golpe de Estado”.

Uma votação no parlamento neste domingo deu a Oleksander Turchinov, eleito porta-voz no sábado, os deveres como presidente.

Uma eleição presidencial foi marcada para 25 de maio.

Turchinov, de 49 anos, vem da mesma cidade que Yulia Tymoshenko, Dnipropetrovsk, no sudeste da Ucrânia, e é vice-líder do seu partido Pátria.

Ele atuou como chefe do serviço de segurança do Estado da Ucrânia, após a Revolução Laranja de 2004-05, que foi co-liderada por Tymoshenko.

Yulia Tymoshenko foi libertada no sábado em um dia de muito drama e intriga que revirou a política no antigo membro da União Soviética.

A ex-magnata do gás de 53 anos foi sentenciada em 2011 a sete anos de prisão por um acordo de gás que assinou com a Rússia como primeira-ministra da Ucrânia. A sua libertação define uma possível candidatura à presidência.

Por Natalia Zinets

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below