February 23, 2014 / 3:43 PM / 5 years ago

Taliban afegão mata 21 soldados, e suspende tentativa de troca de prisioneiros

ASADABAD, Afeganistão, 23 Fev (Reuters) - O Taliban afegão matou 21 soldados em um ataque a uma região montanhosa, no domingo, e seis soldados estão desaparecidos depois do ataque mais mortal de militantes contra forças de segurança nos últimos meses, disse o governo afegão.

Também no domingo, em um possível golpe contra os esforços dos Estados Unidos de promover negociações de paz, para pôr um fim ao conflito afegão, o Taliban disse que havia suspendido os esforços para organizar uma possível troca de prisioneiros do Taliban e dos EUA, devido à “complexidade” da situação.

Não ficou imediatamente claro se o ataque na província oriental de Kunar tinha ligação com a suspensão das negociações sobre a troca de prisioneiros.

Em resposta aos assassinatos em Kunar, uma região montanhosa na fronteira com o Paquistão, que tem sido reduto do Taliban, da Al Qaeda e de outros militantes, o presidente Hanid Karzai adiou uma viagem ao Sri Lanka.

“O presidente afegão está triste com esse trágico incidente e, portanto, adiou a viagem oficial de hoje ao Sri Lanka”, declarou o gabinete de Karzai em um comunicado.

Autoridades do governo disseram que 21 soldados foram mortos e três ficaram feridos, no ataque a um posto de controle do Exército, no distrito de Ghaziabad, em Kunar. Seis soldados continuam desaparecidos.

O governo enviou reforços para a região onde aconteceu o ataque antes do amanhecer, disse em um comunicado o porta voz do Ministério da Defesa do Afeganistão, Zahir Azimi.

Parecia que o Taliban estava esperando por eles. Azimi disse que os reforços “foram atacados pelo inimigo, e um homem-bomba detonou seus explosivos perto deles”. O homem bomba não matou nenhum soldado afegão, disse Azimi.

Em uma possível referência à Al Qaeda ou a outros militantes que podem não fazer parte do Taliban afegão, Azimi também disse à Reuters que “combatentes estrangeiros” participaram do ataque.

O Taliban afegão, em um comunicado enviado por email para a mídia, assumiu a responsabilidade pelo ataque. Autoridades locais em Kunar, disseram que três insurgentes foram mortos.

O ataque de domingo foi o pior desde setembro do ano passado, quando o Taliban atacou um comboio de soldados afegãos na relativamente pacífica província de Badakhshan, matando pelo menos 18.

O ataque ocorreu quando as forças dos EUA e da Otan estão se retirando do Afeganistão antes do prazo do fim do ano, passando a maior parte da luta contra o Taliban e outros militantes para os afegãos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below