March 2, 2014 / 9:00 PM / 4 years ago

Premiê russo diz que novos líderes da Ucrânia não durarão no governo

MOSCOU (Reuters) - O primeiro-ministro da Rússia, Dmitry Medvedev, afirmou no Facebook neste domingo que os líderes da Ucrânia tomaram o poder ilegalmente e previu que o governo deles vai encerrar com uma “nova revolução” e banho de sangue.

Medvedev afirmou que apesar de Viktor Yanukovich ter praticamente nenhuma autoridade, ele continua sendo o chefe de Estado legítimo da Ucrânia segundo a constituição do país. O premiê russo acrescentou: “Se ele é culpado perante a Ucrânia, que se promova um procedimento de impeachment (...) e julguem ele.”

“Tudo o mais é ilegal. A tomada do poder”, disse Medvedev em sua página no Facebook. “E isso significa que tal regime será extremamente instável e vai terminar com uma nova revolução. Novo banho de sangue.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below