March 3, 2014 / 6:44 PM / 4 years ago

Militantes islâmicos matam mais 31 no nordeste da Nigéria

MAIDUGURI, Nigéria, 3 Mar (Reuters) - Insurgentes islâmicos mataram pelo menos 31 pessoas em uma vila no nordeste da Nigéria, afirmou um parlamentar nesta segunda-feira.

Pessoas em volta de uma cratera causada pela explosão de um de dois veículos carregados de explosivos em Ajilari-Gomari, em Maiduguri. Insurgentes islâmicos mataram pelo menos 31 pessoas em uma vila no nordeste da Nigéria, afirmou um parlamentar nesta segunda-feira. 02/03/2014 REUTERS/Stringer

Os ataques elevaram o total de mortos em três dias de matança para 116, apesar de esforços do Exército para conter a violência.

Os militantes mataram mais de 400 pessoas em apenas um mês, afirmam fontes da área de segurança, o que faz deste um dos piores períodos de violência do movimento islâmico Boko Haram, que começou um levante no Estado de Borno, em 2009.

Homens armados invadiram a vila de Mafa, em Borno, situada a cerca de 50 quilômetros a leste da capital do Estado, Maiduguri, por volta das 20h de domingo. O grupo atirou contra moradores que fugiam e atirou explosivos em casas ainda com moradores dentro, disse Auwalu Gunda, uma testemunha do ataque.

O senador do Estado Ahmed Zannah afirmou que 29 civis foram mortos na invasão da vila e dois policiais morreram na explosão de uma bomba na segunda-feira, quando estavam tentando remover os corpos e interrogando sobreviventes do ataque inicial.

Duas bombas que explodiram em Maiduguri mataram pelo menos 46 pessoas no sábado à noite, enquanto a 50 quilômetros dali dezenas de atiradores arrasavam uma vila agrícola, matando a tiros mais 39 pessoas.

O presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, lançou uma campanha militar intensificada há mais de um ano para esmagar o Boko Haram, mas o banho de sangue desde então tem crescido.

O Boko Haram matou milhares de pessoas em sua tentativa de criar um Estado islâmico no país de 170 milhões de habitantes. O grupo é a maior ameaça à segurança no país, grande exportador de petróleo da África e segunda maior economia do continente.

Por Lanre Ola

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below