March 4, 2014 / 12:52 PM / 4 years ago

Ucrânia diz que observadores militares da OSCE irão à Crimeia

KIEV/VIENNA, 4 Mar (Reuters) - A Ucrânia afirmou nesta terça-feira que observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) viajarão a seu convite para a região da Crimeia, onde forças russas assumiram o controle, em uma tentativa de acalmar um impasse militar.

“Uma missão da OSCE chegou em Kiev e irá à península da Crimeia para monitorar a situação”, disse o chefe de segurança nacional da Ucrânia, Andriy Paruby, em entrevista à imprensa em Kiev.

Ele afirmou que a situação de segurança na península do Mar Negro é “complicada, mas estável”.

Vários membros da OSCE, incluindo os Estados Unidos, iriam mandar observadores na missão, marcada para começar na quarta-feira e com duração de uma semana, disseram fontes diplomáticas na sede da organização em Viena. Elas explicaram que a missão pode durar mais tempo.

Não estava imediatamente claro se a Rússia permitirá que monitores entrem na região, onde controla o espaço aéreo e pontos de acesso. Os diplomatas disseram que o consentimento da Rússia não é legalmente necessário.

Reportagem de Pavel Polityuk em Kiev e Michael Shields e Fredrik Dahl em Viena

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below