March 5, 2014 / 1:53 PM / 5 years ago

Ucrânia retoma prédio em Donetsk e hasteia bandeira do país

Por Lina Kushch

Bandeira ucraniana hasteada no topo do prédio da administração na cidade de Donetsk. A Ucrânia expulsou manifestantes pró-russos de um prédio do governo regional em Donetsk, nesta quarta-feira, e hasteou a bandeira ucraniana no lugar onde estava a da Rússia desde o fim de semana, sinalizando uma importante mudança de controle na região de fala russa. 05/03/2014 REUTERS/Stringer

DONETSK, Ucrânia, 5 Mar (Reuters) - A Ucrânia expulsou manifestantes pró-russos de um prédio do governo regional em Donetsk, nesta quarta-feira, e hasteou a bandeira ucraniana no lugar onde estava a da Rússia desde o fim de semana, sinalizando uma importante mudança de controle na região de fala russa.

A sede do governo de Donetsk, no leste, estava desde segunda-feira nas mãos de ativistas que invadiram o local aos gritos de “Vem Putin!”, e que demandavam controle sobre a polícia local e o fim dos laços com Kiev. A polícia disse que esvaziou o local pacificamente após ter recebido denúncia de que havia explosivos no prédio.

Donetsk, cidade de residência do presidente deposto Viktor Yanukovich, é o local onde ocorrem as mais persistentes manifestações pró-Moscou desde o início dos protestos em cidades do leste e do sul da Ucrânia, no sábado, depois que o presidente russo, Vladimir Putin, afirmou ter o direito de invadir o país vizinho.

Forças russas já tomaram o controle da região de Crimeia, mas não entraram em outras partes da Ucrânia. A principal preocupação de políticos ocidentais que vão se reunir nesta quarta-feira em Bruxelas e Paris com autoridades russas é a ameaça feita por Putin de aumentar a invasão para proteger cidadãos de fala russa na principal região industrial da Ucrânia.

Por volta do meio-dia desta quarta, a bandeira azul e amarela da Ucrânia estava no lugar da tricolor da Rússia no alto do prédio de 11 andares, mas outra bandeira russa ainda estava tremulando em um mastro em frente. Um grande contingente policial estava protegendo o prédio.

Cerca de 200 manifestantes pró-Rússia ainda estavam acampados em frente ao edifício. O líder do grupo, o empresário local Pavel Gubarev —que se declarou o “governador do povo”—, chamou a ação da polícia de “provocativa” e prometeu retomar o prédio.

“Estamos determinados a erguer o poder do nosso povo na região de Donetsk. E não vamos recuar. Temos enorme apoio”, disse Gubarev. “Quando entrarmos de novo, não quero ver nenhum policial no prédio. Então nós iremos à polícia, removeremos o chefe que foi imposto por Kiev, colocaremos nosso próprio chefe, e vamos declarar a polícia uma força municipal.”

Manifestantes pró-Moscou hastearam a bandeira russa em prédios do governo em diversas cidades do sul e do leste da Ucrânia no sábado, horas antes de o Parlamento russo ter dado autoridade a Putin para invadir o país. Algumas foram rapidamente removidas, mas a bandeira em Donetsk permaneceu.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below