March 6, 2014 / 3:14 PM / 5 years ago

Ucrânia vai se defender caso intervenção militar russa avance, diz premiê

BRUXELAS, 6 Mar (Reuters) - As Forças Armadas da Ucrânia vão agir se a intervenção militar russa avançar mais sobre o território ucraniano, disse o primeiro-ministro, Arseny Yatseniuk, em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

Um helicóptero de ataque, tido como das Forças Armadas russas, sobrevoa a base militar russa em um porto em Sebastopol, Crimeia. As Forças Armadas da Ucrânia vão agir se a intervenção militar russa avançar mais sobre o território ucraniano, disse o primeiro-ministro, Arseny Yatseniuk, em entrevista coletiva nesta quinta-feira. 06/03/2014 REUTERS/Baz Ratner

“Em caso de futura intensificação e intervenção militar no território ucraniano por forças estrangeiras, o governo ucraniano e os militares ucranianos vão agir de acordo com a Constituição e as leis”, disse Yatseniuk em Bruxelas. “Estamos prontos para proteger nosso país.”

A forças ucranianas não responderam até agora à tomada da península da Crimeia pelos russos, mas isso pode mudar se a intervenção russa aumentar, acrescentou.

Yatseniuk, que viajou a Bruxelas para discutir a crise com os líderes de 28 países da União Europeia, disse que as conversas com os líderes da UE são apenas sobre meios políticos e pacíficos para resolver o conflito.

Reportagem de Martin Santa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below