March 6, 2014 / 6:34 PM / 4 years ago

Obama diz que referendo na Crimeia viola lei internacional

WASHINGTON, 6 Mar (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quinta-feira que uma proposta de referendo na Crimeia para que a península ucraniana se junte à Rússia viola o direito internacional e afirmou que as sanções norte-americanas têm objetivo de fazer a Rússia pagar o custo pela intervenção na Ucrânia.

“O referendo proposto sobre o futuro da Crimeia violaria a Constituição ucraniana e viola a lei internacional”, disse Obama a repórteres na Casa Branca.

“Qualquer discussão sobre o futuro da Ucrânia deve incluir o governo legítimo da Ucrânia”, disse ele.

Reportagem de Jeff Mason e Mark Felsenthal

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below