March 17, 2014 / 2:18 PM / 5 years ago

Obama impõe sanções a 11 russos e ucranianos por crise na Crimeia

WASHINGTON, 17 Mar (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, impôs nesta segunda-feira sanções a 11 russos e ucranianos considerados responsáveis pela incursão militar da Rússia na Crimeia, incluindo dois assessores próximos do presidente russo, Vladimir Putin.

Um membro da unidade de autodefesa da Crimeia próximo a um músico de rua, em Simferopol. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, impôs nesta segunda-feira sanções a 11 russos e ucranianos considerados responsáveis pela incursão militar da Rússia na Crimeia, incluindo dois assessores próximos do presidente russo, Vladimir Putin. 17/03/2014 REUTERS/Stringer

A ordem de Obama congela qualquer bem nos Estados Unidos e proíbe as viagens para o país de 11 indivíduos considerados culpados pelos movimentos russos na Crimeia.

Entre os atingidos pelas sanções estão o presidente deposto da Ucrânia, Viktor Yanukovich, e os assessores de Putin Vladislov Surkov e Sergei Glazyev.

Reportagem de Steve Holland, Matt Spetalnick e Susan Heavey

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below