April 6, 2014 / 4:08 PM / 4 years ago

Tunísia prende militantes islâmicos após acidente com bomba

TÚNIS, 6 Abr (Reuters) - A polícia da Tunísia prendeu um grupo de militantes islâmicos que acidentalmente explodiu uma bomba em construção para um ataque na cidade comercial de Sfax, disse o governo neste domingo.

O Ministério do Interior afirmou que a polícia prendeu oito suspeitos de serem membros do grupo militante Ansar al-Sharia no final do sábado, como parte de uma operação em Sfax, cidade portuária no Mediterrâneo, a cerca de 270 quilômetros ao sudeste da capital Túnis.

Dois desses presos foram feridos pela explosão, enquanto manuseavam o explosivo, disse o ministério em um comunicado.

A Ansar al Sharia, listada como uma organização terrorista pelos Estados Unidos, foi um dos movimentos que mais radicalmente pediu por um estado islâmico desde que as manifestações de 2011 tiraram o autocrata Zine El-Abidine Ben Ali do poder.

Com uma economia fortemente dependente do turismo, a Tunísia vem reprimindo militantes islâmicos por considerá-los um desafio no trajeto à plena democracia.

Reportagem de Tarek Amara

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below