April 21, 2014 / 1:07 PM / 5 years ago

Foguetes de Gaza atingem sul de Israel; exército revida

GAZA, 21 Abr (Reuters) - Sete foguetes disparados da Faixa de Gaza caíram no sul de Israel durante a Páscoa judaica desta segunda-feira, desencadeando ataques aéreos do exército israelense em retaliação, disseram autoridades, no primeiro embate na fronteira em semanas.

O exército de Israel declarou que seus ataques atingiram dois campos de treinamento controlados pelo Hamas, o grupo islâmico palestino que controla Gaza. Fontes médicas no local relataram que dois militantes do Hamas ficaram levemente feridos.

O Hamas vem mantendo a trégua com Israel desde a curta guerra do final de 2012, mas tem tido dificuldade de conter pequenas facções islâmicas armadas hostis a Israel.

Nenhuma dessas facções, que se opôem às conturbadas conversas de paz entre a Fatah, seus rivais palestinos na Cisjordânia, e Israel, reclamou a autoria do mais recente disparo de foguetes.

Dois dos projéteis de Gaza explodiram na comunidade de Sderot, na fronteira sul de Israel, em uma estrada e em uma área livre, disse a polícia israelense. Não houve relatos de feridos.

Israel responsabiliza o Hamas por todo e qualquer disparo de foguete de Gaza e os retalia rotineiramente.

“Civis israelenses que comemoravam a Páscoa acordaram esta manhã ao som de alarmes e foguetes. O terrorismo dos foguetes do Hamas é uma realidade intolerável que os israelenses não deviam ter que aceitar”, disse o porta-voz do exército, Peter Lerner, em um comunicado.

Moradores de Beit Hanounn, no norte de Gaza, afirmaram que um helicóptero israelense abriu fogo no local, embora não esteja claro qual era seu alvo. O Hamas confirmou que seus campos de treinamento foram atacados, mas não comentou os relatos sobre os foguetes.

Israel se retirou de Gaza em 2005 após 38 anos de ocupação, um gesto unilateral que beneficiou o Hamas, a Jihad Islâmica e outros grupos palestinos.

Os palestinos buscam um Estado na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, com Jerusalém Oriental como sua capital.

Dois grupos islâmicos lançaram foguetes contra Israel durante vários dias no início de março, e Israel reagiu com ataques aéreos.

Por Noah Browning e Nidal al-Mughrabi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below