28 de Julho de 2017 / às 10:46 / 5 meses atrás

ONU faz apelo por calma na Venezuela antes de eleição de Assembleia Constituinte

GENEBRA (Reuters) - O governo do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, deve permitir protestos pacíficos e a liberdade de expressão, disse a Organização das Nações Unidas (ONU) nesta sexta-feira, fazendo um apelo por calma antes da eleição de domingo convocada pelo governo para formação de uma Assembleia Constituinte

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, discursa em evento de campanha em Caracas 27/07/2017 REUTERS/Carlos Garcias Rawlins

Os Estados Unidos determinaram que os familiares dos funcionários de sua embaixada na Venezuela deixassem o país, em meio a uma crise política que se agrava antes da votação que a oposição diz que colocará fim à democracia no país.

“Os desejos do povo venezuelano de participar ou não desta eleição devem ser respeitados. Ninguém deveria ser obrigado a votar, e aqueles que voluntariamente participarem deveria poder fazê-lo de forma livre”, disse a porta-voz de direitos humanos da ONU, Liz Throssell.

“Esperamos que a votação prevista para domingo, se realizada, ocorra de forma pacífica e com pleno respeito aos direitos humanos”, acrescentou Throssell.

Reportagem de Stephanie Nebehay

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below