5 de Outubro de 2017 / às 20:00 / em 2 meses

Inquérito sobre massacre de Las Vegas foca em histórico e armas de atirador

LAS VEGAS (Reuters) - O atirador que matou 58 pessoas em Las Vegas e se suicidou após o pior ataque a tiros da história moderna dos Estados Unidos armazenou armas e munições durante décadas e planejou meticulosamente o ataque, acreditam as autoridades.

Flores e velas são colocados em memorial pelas vítimas de tiroteio em Las Vegas 4/10/2017 REUTERS/Las Vegas Sun/Steve Marcus

Stephen Paddock, de 64 anos, também pode ter cogitado realizar um ataque em Chicago ou Boston, segundo reportagens publicadas nesta quinta-feira.

Os investigadores que analisam o massacre da noite de domingo ainda desconhecem os motivos de Paddock.

“O que sabemos é que Stephen Paddock é um homem que passou décadas adquirindo armas e munição e vivendo uma vida secreta, grande parte da qual jamais entenderemos totalmente”, disse o xerife do condado de Clark, Joseph Lombardo, em um informe à imprensa na noite de quarta-feira.

Lombardo disse que acha difícil acreditar que o arsenal de armas, munições e explosivos recuperados pela polícia na investigação poderia ter sido acumulado somente por Paddock, acrescentando que ele pode ter tido alguma ajuda em algum momento.

Antes do ataque em Las Vegas, Paddock reservou quartos em um hotel de Chicago com vista para o local que sediou o festival de música Lollapalooza em agosto, noticiou o jornal USA Today nesta quinta-feira, citando uma autoridade da lei não identificada. Não está claro se Paddock chegou a ocupar o quarto ou se estava em Chicago durante o festival, disse o agente, segundo o jornal.

Ele também pesquisou locais de Boston, relatou o canal NBC, citando vários fontes da lei. As polícias de Boston e de Chicago disseram estar cientes dos relatos e os investigando.

Quase 500 pessoas também ficaram feridas quando Paddock disparou contra a multidão que assistia a um festival de música na noite de domingo de sua suíte no 32º andar do hotel Mandalay Bay, na avenida Las Vegas Strip. Em seguida ele tirou a própria vida.

A polícia recuperou quase 50 armas de fogo de três localidades que revistou, quase metade delas na suíte do hotel. Doze dos rifles foram equipados com um mecanismo que permitiu que as armas fossem usadas como se fossem automáticas.

Como outros ataques a tiros recentes, o incidente instigou um debate em Washington sobre a regulamentação da posse de armas, que é protegida pela Segunda Emenda.

Os republicanos, que atualmente comandam a Casa Branca e as duas casas do Congresso, vêm resistindo aos clamores democratas por verificações de antecedentes mais rígidas ou limites federais para o tamanho dos pentes das armas na esteira de massacres anteriores.

Mas alguns parlamentares do partido governista disseram estar dispostos a investigar os chamados bump stocks, mecanismos que permitem que armas semiautomáticas funcionem de maneira semelhante às automáticas, que são em grande parte ilegais nos Estados Unidos.

Os investigadores estão examinando a possibilidade de algum acontecimento na vida de Paddock ter precipitado a compra de mais de 30 armas em outubro de 2016, afirmou Lombardo.

Reportagem adicional de Lisa Girion em Las Vegas, Chris Kenning em Chicago, Karen Freifeld e Jonathan Allen em Nova York e John Walcott e Mark Hosenball em Washington

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below