15 de Outubro de 2017 / às 17:05 / 2 meses atrás

Apoio a governo do Peru melhora em meio a distensão política e campanha para Copa

LIMA (Reuters) - A popularidade do presidente do Peru Pedro Pablo Kuczynski subiu oito pontos porcentuais, para 30 por cento, em outubro em meio a um clima de distensão política com a oposição e uma campanha de futebol em que a seleção local ainda pode se qualificar para a próxima Copa do Mundo, revela pesquisa divulgada no domingo.

Além disso, de acordo com a Ipsos Peru, a desaprovação da gestão do presidente Kuczynski caiu para 62% em outubro, ante o pico de 72% atingido em setembro.

A aprovação de Kuczynski, de 79 ano, havia em setembro por denúncias de corrupção, greve de professores e um difícil confronto com o Congresso dominado pelo partido da oposição.

Para superar a turbulência política, Kuczynski nomeou seu vice-presidente e legislador influente Mercedes Aráoz como o novo chefe de gabinete e fez uma mudança parcial em sua equipe de governo.

Reportagem de Marco Aquino

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below