24 de Outubro de 2017 / às 09:25 / 2 meses atrás

Líder da Catalunha não pode resolver crise convocando eleições, diz ministro da Justiça

MADRI (Reuters) - O líder da Catalunha, Carles Puigdemont, não pode resolver a crise política com Madri apenas convocando eleições regionais, disse o ministro de Justiça espanhol, Rafael Catalá, nesta terça-feira.

Ministro da Justiça da Espanha, Rafael Catalá, fala com repórteres na sede da Thomson Reuters em Madri 05/03/2015 REUTERS/Susana Vera

Madri anunciou que vai impor um regime direto sobre a Catalunha para combater uma tentativa de independência que a corte constitucional espanhola declarou ilegal, invocando poderes nunca antes utilizados para desfazer o governo regional e forçar a realização de novas eleições.

O Senado da Espanha planeja votar a implementação do regime direto na sexta-feira.

“Quando o governo propõe uma opção tão extrema quanto o artigo 155 é porque nós acreditamos que houve um sério fracasso de Puigdemont em cumprir suas obrigações”, disse o ministro da Justiça em entrevista. “Tudo não é consertado apenas convocando uma eleição”.

Reportagem de Paul Day

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below