26 de Outubro de 2017 / às 12:28 / em 2 meses

Ex-presidente dos EUA George H.W. Bush pede desculpas após ser acusado de apalpar atriz

LOS ANGELES (Reuters) - O ex-presidente dos Estados Unidos George H.W. Bush se desculpou por meio de um porta-voz, na quarta-feira, pelo que uma atriz descreveu como uma agressão sexual, mas que Bush disse ter sido um “tapinha” amigável e uma brincadeira para deixá-la à vontade durante uma sessão de fotos.

Ex-presidente dos Estados Unidos George H.W. Bush, em evento em Houston 05/02/2017 REUTERS/Adrees Latif

Heather Lind, que estrelou o drama histórico “Turn: Washington’s Spies”, do canal a cabo AMC, acusou Bush de tê-la apalpado quando posavam para fotos juntos com sua esposa e outras pessoas durante um evento promocional da série em 2014.

A alegação veio à tona em uma postagem de Heather no Instagram com uma foto de Bush, de 93 anos, apertando a mão do também ex-presidente Barack Obama durante uma participação dos cinco ex-presidentes norte-americanos ainda vivos em um evento de arrecadação de fundos para vítimas de um furacão, ocorrido no sábado.

Na postagem, a atriz de 34 anos disse que ver a foto a lembrou de seu próprio encontro com Bush três anos atrás -- quando, de acordo com ela, “ele me agrediu sexualmente quando eu posava para uma foto semelhante”.

“Ele não apertou minha mão. Ele me tocou por trás de sua cadeira de rodas com sua esposa, Barbara Bush, ao lado”, escreveu Heather. “Ele me contou uma piada suja”. “E depois, enquanto era fotografado, me tocou de novo”.

Heather disse que a ex-primeira-dama “revirou os olhos, como dizendo ‘de novo não’”.

A publicação no Instagram, que depois foi apagada , continha a hashtag “MeToo” (“EuTambém”), disseminada pelas acusações recentes de agressão sexual e assédio sexual contra o produtor de cinema Harvey Weinstein. O executivo de Hollywood nega ter feito sexo não consensual com qualquer pessoa.

O porta-voz de Bush, Jim McGrath, emitiu um comunicado em reação ao comentário da atriz no qual tentou explicar o comportamento do ex-presidente como uma tentativa de brincar com o constrangimento social causado por sua limitação física durante sessões de fotos.

Em uma cadeira de rodas há cerca de cinco anos, “seu braço cai na altura da parte mais baixa da cintura das pessoas com as quais tira fotos”, disse McGrath.

“Para tentar deixar as pessoas à vontade, o presidente sempre conta a mesma piada -- e em algumas ocasiões deu tapinhas no traseiro de mulheres de uma maneira que pretendeu ser bem-intencionada. Algumas a viram como algo inocente, outras claramente o viram como algo impróprio”, disse McGrath.

“A qualquer um que tenha ofendido, o presidente Bush se desculpa muito sinceramente”.

Por Steve Gorman

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below