31 de Outubro de 2017 / às 10:23 / 2 meses atrás

Iraque retira dos curdos controle de principal passagem de fronteira com Turquia

BAGDÁ/ERBIL, Iraque (Reuters) - O Iraque assumiu o controle da principal passagem de fronteira terrestre com a Turquia das mãos do autônomo governo regional do Curdistão, disseram três autoridades iraquianas nesta terça-feira.

Bandeira do Iraque é vista sobre veículo militar nas redondezas de Kirkuk, no Iraque 17/10/2017 REUTERS/Alaa Al-Marjani

Uma delas mostrou à Reuters imagens da bandeira do Iraque sendo hasteada no portão da fronteira, onde soldados iraquianos e turcos foram mobilizados e bandeiras da Turquia também foram hasteadas.

“Hasteamos a bandeira iraquiana sobre a passagem de fronteira com a Turquia hoje, e (ela) está oficialmente sob o controle total do governo iraquiano”, disse um dos funcionários, o capitão de polícia de fronteira Ali Abdul Ilah.

Mas autoridades regionais curdas negaram que a passagem tenha sido entregue.

“As negociações ainda estão em andamento”, disse um funcionário curdo em Erbil, capital regional do Curdistão.

Toda a divisa iraquiana com a Turquia está localizada dentro da região autônoma curda. O Iraque exigiu o controle de todas as passagens de fronteira depois que os curdos realizaram um referendo de independência no mês passado que Bagdá considerou ilegal.

Nas últimas duas semanas, forças do Iraque que retaliam a votação pela separação também recapturaram a maioria dos territórios disputados e controlados pelos curdos fora da região autônoma, incluindo a cidade petroleira de Kirkuk, que os curdos mantinham desde 2014.

Em Ancara, forças de segurança turcas disseram que soldados iraquianos e turcos estão rumando para a passagem de Ibrahim al-Khalil, na área fronteiriça de Fish-Khabur, ou Habur, em turco. Fish-Khabur também é o local em que um oleoduto que transporta petróleo iraquiano para exportação em portos turcos cruza a divisa.

A entrega da passagem às autoridades iraquianas ocorreu depois de conversas na sexta-feira, no sábado e no domingo para resolver o conflito entre o governo central e os curdos.

Por Ahmed Rasheed, em Bagdá; Raya Jalabi, em Erbil; e Daren Butler, em Ancara

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below