18 de Novembro de 2017 / às 16:33 / em um mês

Fronteira Egito-Gaza é aberta sob controle palestino pela primeira vez em uma década

GAZA (Reuters) - Sob o controle da Autoridade Palestina, a fronteira entre o Egito e Gaza foi aberta neste sábado pela primeira vez desde 2007, fomentando a esperança entre moradores de uma movimentação mais facilitada no empobrecido enclave.

Um acordo de reconciliação patrocinado pelo Egito no mês passado restaurou formalmente o controle administrativo de Gaza pelo presidente palestino, Mahmoud Abbas, incluindo os cruzamentos fronteiriços com Israel e o Egito, após uma divisão de 10 anos com o grupo islâmico Hamas.

Os palestinos esperam que o pacto alivie os problemas econômicos de Gaza e ajude na apresentação de uma frente unida pela formação de um Estado, embora os detalhes da implementação do acordo ainda não tenham sido delineados.

Citando preocupações com segurança, Egito e Israel mantêm fortes restrições nas suas fronteiras com Gaza. O Hamas, considerado um grupo terrorista pelo Ocidente, capturou o enclave em 2007 depois de lutar contra forças leais a Abbas.

Em 1º de novembro, o Hamas abandonou suas posições em três cruzamentos de Gaza e entregou-os a funcionários da Autoridade Palestina, em um passo considerado vital para encorajar Israel e o Egito a relaxar suas restrições ao movimento transfronteiriço de bens e pessoas.

Por Nidal Almughrabi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below