18 de Novembro de 2017 / às 18:03 / em um mês

Sri Lanka prende 19 depois de violência entre budistas e muçulmanos

COLOMBO (Reuters) - A polícia do Sri Lanka prendeu 19 pessoas após um confronto entre “extremistas” das comunidades budista e muçulmana, que terminou com quatro pessoas feridas, disse um porta-voz neste sábado.

A tensão tem crescido entre as duas comunidades neste ano, com alguns grupos budistas de linha dura acusando os muçulmanos, que são minoria, de forçar as pessoas a se converterem ao Islã e de vandalizar os sítios arqueológicos budistas.

Alguns nacionalistas budistas também protestaram contra a presença no Sri Lanka de pessoas da perseguida minoria muçulmana Rohingya, de Mianmar, que buscam asilo.

A polícia disse no fim da sexta-feira que a violência em Ginthota, cidade costeira do sul do país, foi desencadeada por rumores e mensagens falsas nas mídias sociais.

Por Shihar Aneez

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below