22 de Novembro de 2017 / às 14:30 / em 24 dias

Papa encontrará com comandante do Exército de Mianmar e refugiados rohingyas durante viagem

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Francisco encontrará com o comandante do Exército de Mianmar enquanto estiver no país e com refugiados rohingyas em Bangladesh, ambas adições de último minuto à sua visita aos dois países que acontecerá na próxima semana, informou o Vaticano nesta quarta-feira.

Papa Francisco durante audiência na Praça São Pedro no Vaticano 22/11/2017 REUTERS/Max Rossi

O porta-voz do Vaticano, Greg Burke, disse a repórteres que Francisco encontrará com o comandante do Exército, general Aung Hlaing, em uma residência Igreja em Yangon.

Ele acrescentou que um “pequeno grupo” de refugiados rohingyas estará presente em uma reunião inter-religiosa pela paz na capital de Bangladesh, Daca, na tarde do dia 1º de dezembro.

Nenhum dos dois eventos estava na agenda original da viagem que acontecerá entre os dias 26 de novembro e 2 de dezembro.

Cerca de 600 mil refugiados rohingyas do Estado Rakhine, em Mianmar, fugiram para Bangladesh.

Reportagem de Philip Pullella

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below