3 de Dezembro de 2017 / às 16:24 / em 10 dias

Papa diz que atitudes em torno de armas nucleares são “irracionais”

A BORDO DO AVIÃO PAPAL (Reuters) - O papa Francisco pediu no sábado que os líderes mundiais se voltassem contra a possível aniquilação humana, sugerindo que alguns deles tinham uma atitude “irracional” em relação às armas nucleares.

O papa fez seus comentários aos repórteres a bordo do avião na volta a Roma de uma viagem para Mianmar e Bangladesh, dominada pela crise dos refugiados rohingya que afeta ambos países.

Em um discurso no mês passado, o papa sugeriu estar preparado para endurecer oficialmente a Igreja de décadas de ensino que possuir armas nucleares como dissuasão era moralmente aceitável, desde que o objetivo final seja sua eliminação.

Nesse discurso em 10 de novembro, Francisco disse que mesmo a mera posse de armas nucleares agora deve ser condenada porque parece haver pouca ou nenhuma intenção dos líderes mundiais em reduzi-las.

A bordo do avião, o papa foi questionado sobre o que o motivava a mudar a posição oficial da Igreja e, especificamente, o que ele sentiu sobre a guerra de palavras entre o presidente dos Estados Unidos Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong Un.

“O que mudou foi a irracionalidade (da atitude no que diz respeito a armas nucleares)”, disse Francisco.

“Hoje estamos no limite”, disse ele. “Pode ser debatido, mas é minha opinião e convicção de que alcançamos o limite (moral) da licença de ter e usar armas nucleares”, disse.

“Por quê? Porque hoje, com uma tecnologia tão sofisticada, arriscamos a destruição da humanidade ou de pelo menos uma grande parte dela”, disse ele.

No passado, o papa sugeriu que uma terceira nação deveria tentar negociar um acordo entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte e pediu que ambos os lados resfriassem a retórica, interrompendo os insultos.

A Coreia do Sul disse na sexta-feira que o último teste com míssil feito pela Coreia do Norte colocaria Washington no alcance, mas Pyongyang ainda precisa provar que dominou a tecnologia de mísseis críticos, como a reentrada, orientação do estágio terminal e ativação da ogiva.

O teste induziu um alerta aos Estados Unidos de que a liderança da Coreia do Norte seria “completamente destruída” caso a guerra ecloda, uma declaração que provocou fortes críticas da Rússia.   

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below