4 de Dezembro de 2017 / às 11:31 / em 12 dias

Líderes sociais-democratas recomendam negociar com conservadores liderados por Merkel

BERLIM (Reuters) - O conselho do partido social-democrata da Alemanha (SPD) concordou por unanimidade em entrar em negociações com os conservadores liderados pela chanceler alemã, Angela Merkel, sobre se e como eles poderiam formar um novo governo, com todas as opções sobre a mesa, disse uma autoridade de alto escalão do SPD nesta segunda-feira.

Chanceler da Alemanha, Angela Merkel, durante reunião do gabinete, em Berlim 18/10/2017 REUTERS/Hannibal Hanschke

Os líderes do SPD também elencaram suas demandas em um documento visto pela Reuters, incluindo uma harmonização dos impostos corporativos em nível europeu, maiores impostos para os que têm salários mais altos, aumento nos investimentos em educação, internet de alta velocidade, estradas e moradia social.

Membros do SPD discutirão as propostas feitas pela liderança do partido em um congresso partidário marcado para entre os dias 7 e 9 de dezembro em Berlim.

O SPD, que governou em coalizão com Merkel desde 2013, teve seu pior resultado eleitoral desde o pós-guerra em setembro e está relutante em formar uma nova “grande coalizão”, temendo ser novamente sufocado em uma aliança com os conservadores.

Reportagem de Holger Hansen

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below