April 9, 2018 / 5:10 PM / 5 months ago

Chefe de direitos humanos da ONU critica potências por "palavras vazias" sobre ataque na Síria

GENEBRA (Reuters) - O chefe de direitos humanos da ONU criticou fortemente os membros do Conselho de Segurança nesta segunda-feira por oferecerem apenas “fracas condenações” ao ataque químico na Síria, dizendo que a falta de uma reação mais forte pode ter graves consequências por décadas.

O chefe de direitos humanos da ONU, Zeid Ra'ad al-Hussein fala com repórteres em Jakarta, Indonésia 07/02/2018 REUTERS/Beawiharta

“Diversos Estados muito poderosos estão envolvidos diretamente no conflito na Síria, e, mesmo assim, eles fracassaram completamente em impedir essa ameaçadora regressão em direção a um vale tudo de armas químicas”, disse Zeid Ra’ad al-Hussein em comunicado.

“Esse desdém coletivo com mais um possível uso de uma das armas mais terríveis já desenvolvidas pelo homem é incrivelmente perigoso.”

Reportagem de Tom Miles

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below