April 11, 2018 / 4:47 PM / 8 months ago

Presidente da Itália pode procurar mediador para romper impasse de formação de governo

ROMA (Reuters) - O presidente da Itália, Sergio Mattarella, pode indicar uma figura institucional neutra para servir de mediador entre os partidos políticos que não foram capazes de romper um impasse desde as eleições inconclusivas do mês passado, disse uma fonte próxima do presidente.

Mattarella realizará consultas formais com todas as siglas na quinta e sexta-feiras, a segunda rodada de conversas desde que a votação de 4 de março resultou em um Parlamento sem maioria.

O anti-establishment Movimento 5 Estrelas emergiu como o maior partido, com folga, enquanto uma coalizão conservadora de grupos menores liderada pela Liga de extrema-direita conquistou a maior parte dos assentos no Parlamento, mas não o suficiente para uma maioria absoluta.

Se, como esperado, os partidos mantiverem suas posições irreconciliáveis durante as reuniões com Mattarella, sua próxima ação pode ser nomear outra pessoa para realizar conversas mais flexíveis e informais visando mediar um acordo, segundo a fonte.

Um chamado “mandato exploratório” já foi usado antes em momentos de impasse, e quem quer que fique encarregado da tarefa não deve formar um governo por conta própria.

O presidente italiano pode dar o cargo a qualquer pessoa com um papel institucional graduado, como um dos presidentes das duas Casas do Parlamento ou um juiz da corte constitucional.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below