April 17, 2018 / 7:58 PM / 7 months ago

EUA dizem que inspetores de armas químicas ainda não entraram em local de ataque sírio; citam gás sarin e clorino

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos acreditam que inspetores do órgão de fiscalização de armas químicas ainda não conseguiram entrar no local do suposto ataque químico de 7 de abril contra a cidade síria de Douma, disse a porta-voz do Departamento de Estado Heather Nauert nesta terça-feira.

Nauert afirmou estar ciente de relatos da Síria de que os inspetores da Organização para a Proibição de Armas Químicas puderam ver o local, mas “nossa entendimento é de que a equipe não entrou em Douma”.

Ela disse que os Estados Unidos têm informações de que tanto gás de cloro quanto gás sarin foram usados no ataque e que estão preocupados que evidências estejam se deteriorando quanto mais tempo os inspetores ficam sem acesso ao local.

Reportagem de Lesley Wroughton

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below