April 18, 2018 / 3:14 PM / 5 months ago

Dinamarca pede que Unesco reconheça "hygge", palavra que se tornou sinônimo de felicidade

COPENHAGUE (Reuters) - A Dinamarca pedirá à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) que reconheça oficialmente o conceito de “hygge” — a razão, segundo os dinamarqueses, para o país ser um dos mais felizes do mundo.

A palavra dinamarquesa “hygge”, que engloba um clima e uma atmosfera de aconchego e conforto, se espalhou por todo mundo nos últimos anos. Muitas pessoas atribuem a ela o fato de a Dinamarca encabeçar pesquisas globais de bem-estar e felicidade.

A campanha turística Visite a Dinamarca disse nesta quarta-feira que o país fará a solicitação à Unesco. Se tiver sucesso, a entidade reconhecerá “hygge” como uma herança cultural intangível, ao lado de práticas e tradições como a cultura cervejeira da Bélgica e a prática indiana antiga da yoga.

“Dada as pressões sociais crescentes e a importância cada vez maior do bem-estar, a ênfase da ‘hygge’ na comunhão e na igualdade pode ter benefícios reais e tangíveis”, disse Meik Wiking, fundador e diretor-executivo do Instituto de Pesquisa da Felicidade e apoiador da solicitação.

A Unesco lista não só monumentos e obras de arte, mas também práticas sociais, tradições e rituais.

Por Teis Jensen

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below