April 19, 2018 / 4:56 PM / 5 months ago

Trump lança esforço para impulsionar venda de armas dos EUA no exterior

WASHINGTON (Reuters) - O governo Trump apresentou, nesta quinta-feira, uma muito esperada reforma na política de exportação de armas dos Estados Unidos visando a expansão de vendas a aliados, dizendo que as mudanças irão impulsionar a indústria de defesa norte-americana e criar empregos no país.

Armas à venda em loja de acessórios esportivos em Stroudsburg, Pensilvânia, EUA 28/02/2018 REUTERS/Eduardo Munoz

A Casa Branca pretende reduzir o tempo de aprovação para venda de armas, diminuindo a burocracia para vendas maiores e de armas mais poderosas, e aumentando o papel de autoridades graduadas norte-americanas na conclusão de acordos, como noticiado anteriormente pela Reuters.

A iniciativa se junta a esforços do presidente Donald Trump para pessoalmente impulsionar a venda de armas em ligações com chefes de Estado estrangeiros.

Companhias que devem se beneficiar com a nova política incluem a Boeing, Lockheed Martin, Raytheon, General Dynamics e Northrop Grumman.

Os planos têm sido elaborados por um ano, com o assessor de comércio da Casa Branca, Peter Navarro, assumindo importante papel em levar o projeto adiante.

Navarro disse em comunicado que as novas políticas “irão criar empregos em fábricas norte-americanas, fortalecer nossos aliados e parceiros, apoiar uma robusta base de defesa industrial em casa e promover a economia e interesses de segurança dos Estados Unidos no exterior”.

Reportagem de Mike Stone em Washington

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below