May 2, 2018 / 9:53 PM / 6 months ago

OMS vê risco de propagação de dengue em outros países com grande surto em território francês de La Reunion

Mosquitos Aedes aegypti, transmissores da dengue, vem laboratório em San Juan, Poto Rico 06/03/2016 REUTERS/Alvin Baez

GENEBRA (Reuters) - O território ultramarino francês de La Reunion está experimentando um surto sem precedentes de dengue, que pode ter sido espalhada por turistas para outros países, disse a Organização Mundial de Saúde (OMS) nesta quarta-feira.

A dengue é uma doença causada por um vírus transmitido por mosquito que pode estar prosperando devido à falta de imunidade da população da ilha do Oceano Índico, disse a OMS, acrescentando que o vírus também pode ter passado despercebido nos últimos anos, pois casos assintomáticos podem ter contribuído para o ciclo de transmissão.

Este ano houve 1.816 casos de dengue confirmados até 23 de abril. Todos eles eram “autóctones”, ou seja, contraídos localmente e não importados por turistas e viajantes. Só na semana até 23 de abril, houve 428 casos prováveis ​​e confirmados, em comparação com menos de 100 em todo o ano de 2017.

“Embora casos esporádicos autóctones de dengue... tenham sido relatados em Reunion antes, o aumento de casos desde o início de 2018 é sem precedentes”, disse a OMS.

“Reunion é um destino turístico popular e a probabilidade de introdução do vírus da dengue em outros países é aumentada pelo atual surto.”

Por Tom Miles; Reportagem adicional por Matthias Blamont

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below