May 10, 2018 / 12:16 AM / 4 months ago

Forças iranianas na Síria atacam postos militares de Israel em Golã, dizem israelenses

JERUSALÉM (Reuters) - As forças iranianas no lado sírio das Colinas de Golã atacaram postos do Exército israelense na planície estratégica nesta quinta-feira, mas não provocaram mortes, segundo os militares de Israel.

As forças armadas sírias disseram posteriormente que suas defesas aéreas haviam confrontado foguetes israelenses em seu território.

Israel retaliou o ataque, disse o porta-voz militar tenente-coronel Jonathan Conricus, sem elaborar.

De acordo com a agência Sana, depois disso aeronaves de guerra israelenses alvejaram territórios sírios e defesas aéreas da Síria responderam.

Os incidentes tarde da noite ocorreram após uma alta nas tensões entre Israel e Síria, onde forças iranianas e libanesas do Hezbollah têm ajudado Damasco a atacar de volta uma rebelião que já dura sete anos.

Temendo que o Irã e o Hezbollah estejam montando uma frente síria-libanesa contra eles, Israel tem ocasionalmente atacado suas forças. Irã culpou o país por um ataque aéreo em 9 de abril que matou sete de seus militares na Síria, e prometeu vingança.

Conricus disse que, no ataque de quinta-feira (horário local), cerca de 20 projéteis, provavelmente foguetes, foram disparados pelas forças Quds, um braço externo da Guarda Revolucionária Iraniana.

“Alguns desses foguetes foram interceptados”, pelo sistema de defesa aérea de Israel Iron Dome, disse Conricus a repórteres. “Não estamos cientes de nenhuma vítima. O volume de dano que nós avaliamos atualmente é baixo”.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below