June 10, 2018 / 5:06 PM / 5 months ago

Nós não somos agentes secretos russos, diz ativista do Brexit

LONDRES (Reuters) - O militante do Brexit, Arron Banks, negou neste domingo receber dinheiro ou assistência russa pela campanha para deixar a União Europeia.

O Sunday Times, citando emails recebidos de um jornalista que trabalhou com Banks em um livro, disse que Banks e seu sócio Andy Wigmore tiveram repetidos contatos com autoridades russas antes e depois da campanha do referendo.

“Eu nunca vi uma história tão conflitada em toda a minha vida”, disse Banks à Reuters. “Sim, nós tivemos dois almoços com o embaixador russo e passamos um contato comercial. E daí?”

Quando perguntado se ele já recebeu dinheiro russo ou assistência para o Brexit, Banks riu: “Não, claro que não. Você sabe se eu recebi, eu ainda estou esperando pelo cheque. Este é apenas um completo lixo absoluto - é como a caça às bruxas de Salem. Eles continuam gritando ‘bruxa’, ‘bruxa’.”

“O grande quadro é que eles estão em plena forma - eles estão tentando desacreditar todos os envolvidos no Brexit e isso continua em ritmo acelerado”, disse Banks.

Banks disse que ele comparecerá perante os parlamentares no final da semana e que ele também contaria de seus contatos com autoridades de outros países.

“Não foram apenas os russos: encontramos todo tipo de nacionalidade, também informamos o Departamento de Estado em Washington, e também nos reunimos com as principais autoridades da embaixada em Londres”, disse ele.

“Então, se somos espiões russos, devemos ser espiões norte-americanos também.”

Reportagem de Guy Faulconbridge

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below