June 16, 2018 / 5:03 PM / 5 months ago

Aliança árabe está próxima de capturar aeroporto de Hodeidah, dizem militares iemenitas

ADEN (Reuters) - O movimento iemenita Houthi, alinhado ao Irã, lutou neste sábado para impedir que uma coalizão liderada pelos sauditas tomasse controle do aeroporto na cidade portuária de Hodeidah, em uma ofensiva que, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), pode desencadear uma crise de fome envolvendo milhões de pessoas.

A aliança, resultante do ataque ao Hodeidah pelos Emirados Árabes Unidos, tenta capturar a cidade e expulsar os houthis de seu único porto no Mar Vermelho.

“Morte e pobreza estão em todos os lugares ao nosso redor. Estamos com medo de deixar nossas casas após os confrontos terem chegado ao aeroporto.”, disse por telefone Abdelqader, que costumava trabalhar em uma fábrica de cimento. “Sem trabalho, sem salário. Estamos apenas esperando pela piedade de Deus.”

Tropas de solo, incluindo árabes-emiradenses, sudeneses e iemenitas de várias facções, cercaram o principal aeroporto do complexo, mas não conseguiram tomá-lo, disse fonte da coalizão liderada por militares iemenitas e moradores.

O porta-voz do Houthi, Mohammed Abdul-Salam, afirmou que as forças lideradas pelos sauditas não entraram no aeroporto, e alertaram que um ataque à cidade minaria as chances de um acordo de paz.

Reportagem adicional de Ghaida Ghantous em Dubai e Stephanie Ulmer-Nebehay em Genebra

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below