June 17, 2018 / 3:26 PM / 4 months ago

Turquia diz que ataques aéreos mataram 35 militantes curdos no norte do Iraque

ANCARA (Reuters) - Aviões de guerra turcos mataram 35 militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, na sigla em inglês) em ataques aéreos no norte da região montanhosa de Qandil no Iraque na sexta-feira, disseram os militares turcos.

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, disse na véspera que aviões turcos de guerra bombardearam um encontro do PKK em Qandil, onde ele acreditava que militantes de alta patente foram atingidos.

Os militares da Turquia em seu comunicado no domingo, divulgado via Twitter, não especificaram se os ataques aéreos se referiam àqueles sobre os quais Erdogan falou na véspera.

Os militares turcos aumentaram os ataques aéreos no norte do Iraque, mirando bases do PKK em Qandil, próximo da fronteira entre o Irã e o Iraque, onde Ancara suspeita que líderes do grupo militante estão localizados.

O PKK, que luta uma insurgência de décadas contra o Estado no sudeste da Turquia, é classificado como organização terrorista pela Turquia, Estados Unidos e União Europeia.

Por Tuvan Gumrukcu

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below