June 19, 2018 / 12:29 PM / in 5 months

Motorista que atropelou pessoas em festival na Holanda não é terrorista, dizem procuradores

Caminhão dos bombeiros em local de atropelamento em Landgraaf, na Holanda 18/06/2018 REUTERS/Thilo Schmuelgen

AMSTERDÃ (Reuters) - Um holandês de 34 anos que atropelou um grupo de pessoas com sua van em um festival de música na Holanda na segunda-feira, deixando um morto e três feridos, não teve motivação terrorista, disseram procuradores nesta terça-feira.

O motorista da van se entregou a autoridades na segunda-feira, horas depois do atropelamento durante o festival de música Pinkpop, no sul da Holanda.

A van branca avançou contra as pessoas em uma rua próxima ao local do festival por volta de 4h da manhã, horas depois de o principal artista da noite, o cantor Bruno Mars, se apresentar para um público de 70 mil espectadores.

Testemunhas disseram à mídia holandesa ter visto um pequeno grupo de pessoas sentado na rua pouco antes do incidente.

Reportagem de Bart Meijer

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below