June 22, 2018 / 2:40 PM / 3 months ago

Tunísia prende traficante de imigrantes após morte de 87 por afogamento

TÚNIS (Reuters) - A Tunísia prendeu nesta sexta-feira o principal organizador de uma operação de tráfico de imigrantes depois que ao menos 87 pessoas se afogaram quando seu barco naufragou no litoral sul neste mês, informou o governo.

Primeiro-ministro da Tunísia, Youssef Chahed, discursa em reunião anual do Bando de Desenvolvimento Islâmico, em Túnis 04/04/2018 REUTERS/Zoubeir Souissi

O barco afundou na costa da ilha de Kerkenna, de onde havia partido. Dezenas de pessoas foram resgatadas pela Guarda Costeira.

O Ministério da Defesa disse que o homem foi preso nesta sexta-feira juntamente com outro descrito como um militar que era seu parceiro de negócio e que tentava tirar os dois de Kerkenna em seu carro.

O primeiro-ministro, Youssef Chahed, demitiu neste mês o ministro do Interior, Lotfi Brahem, e 10 autoridades de segurança por não deterem o barco. Desde então as forças de segurança vêm reprimindo os traficantes de imigrantes em várias partes da Tunísia.

“As forças de segurança prenderam o principal organizador da operação de imigração ilegal em Kerkenna”, disse o Ministério do Interior.

Tradução Redação São Paulo, 5511 56447702 REUTERS AC

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below