June 30, 2018 / 2:12 PM / 3 months ago

Presidente afegão ordena retomada de operações contra o Talibã

CABUL (Reuters) - O presidente afegão, Ashraf Ghani, formalizou neste sábado o fim do cessar-fogo de seu governo com o Talibã, mas pediu que os insurgentes concordem com as negociações de paz após uma trégua de três dias.

“Agora é a decisão do Talibã, se eles desejam continuar matando ou se unir ao processo de paz”, disse Ghani em entrevista coletiva em Cabul, onde repetiu um apelo por negociações abrangentes de paz.

Ghani ordenou a suspensão das operações ofensivas por 10 dias após a trégua, entre 15 e 17 de junho, quando combatentes do Talibã desarmados se misturaram a soldados, policiais e civis nas ruas de Cabul e em outros lugares.

O anúncio deste sábado significa que as forças de segurança afegãs, que adotaram uma postura amplamente defensiva desde o Eid, podem retomar suas operações normais contra o Talibã, assim como combatentes do Estado Islâmico, com os quais não houve cessar-fogo.

Reportagem de James Mackenzie

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below