July 1, 2018 / 5:39 PM / 4 months ago

Trump vai pressionar Putin sobre interferência russa em eleições, diz assessor de segurança nacional

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vai pressionar o líder russo Vladimir Putin sobre as negativas de Moscou sobre interferência nas eleições americanas de 2016 quando os dois se encontrarem no próximo mês, afirmou o assessor de segurança nacional John Bolton neste domingo.

Bolton afirmou que discutiu as preocupações americanas de interferência russa nas eleições de 2016 e no pleito legislativo de novembro, durante sua visita a Moscou na última quarta-feira.

“A interferência nas eleições é definitivamente algo que nós conversamos” disse Bolton em uma entrevista à rede americana CBS. “Acredito que é algo que precisamos nos preocupar e por isso que o presidente deve levantar o assunto novamente”.

Bolton afirmou que Putin disse a ele que não houve interferência do estado russo. Bolton, no entanto, diz que isso é totalmente diferente de dizer que não houve qualquer interferência russa.

“Creio que o presidente terá que seguir neste tema e discuti-lo com o presidente Putin”, acrescenta que Putin é quem “toma as decisões” e Trump terá que falar diretamente com ele.

Agências de inteligência americanas alegam que hackers russos tentaram ajudar Trump a vencer as eleições, algo que a Rússia negou veementemente.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below