July 1, 2018 / 7:45 PM / 3 months ago

Explosão dirigida a minoria Sikh mata 20 pessoas no Afeganistão

JALALABAD, Afeganistão (Reuters) - Uma explosão atingiu o centro da cidade afegã de Jalalabad neste domingo, matando pelo menos 20 pessoas, incluindo vários membros de uma pequena minoria Sikh, informaram porta-vozes do governo local.

A explosão, horas depois do presidente Ashraf Ghani inaugurar um hospital em Jalalabad, atingiu lojas e prédios na praça Mukhaberat. Um policial Sikh, Awtar Singh Kalsa, que pretendia se candidatar nas eleições parlamentares de outubro, foi morto no atentado.

De acordo com a polícia local, a explosão foi causada em um ataque suicida dirigido a um veículo carregando membros da minoria Sikh que se dirigiam a um encontro com o presidente. Policiais afirmam que pelo menos 10 dos mortos eram Sikhs.

O ataque foi reivindicado pela Estado Islâmico através de sua agência de notícias online, Amaq News, mas sem oferecer evidências.

De maioria islâmica, o Afeganistão ainda mantém uma pequena comunidade de Sikhs e Hindus e um assento no Parlamento afegão é reservado para ambas minorias. No entanto, cada vez mais Sikhs e Hindus tem deixado o país devido a perseguições e ameaças.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below