July 3, 2018 / 11:07 AM / 3 months ago

ONU pede que Jordânia abra fronteiras para refugiados sírios

GENEBRA (Reuters) - O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) pediu, nesta terça-feira, que a Jordânia abra suas fronteiras para sírios tentando fugir de um crescente conflito na região de Deraa, no sudoeste da Síria.

Moradores de Deraa deixam região devido a aumento da violência 30/06/2018 REUTERS/Alaa Al-Faqir

Somente nas últimas duas semanas, cerca de 270 mil pessoas fugiram de ataques aéreos e terrestres na região, disse a ONU na segunda-feira.

“Nós pedimos que o governo da Jordânia mantenha sua fronteira aberta e que outros países da região colaborem e recebam os civis que estão fugindo”, disse a porta-voz de direitos humanos da ONU, Liz Throssell, em coletiva de imprensa.

O porta-voz da Acnur, Andre Mahecic, disse que cerca de 40 mil sírios estão agrupados perto da fronteira do país com a Jordânia, que já abriga 650 mil refugiados sírios registrados.

Reportagem de Stephanie Nebehay

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below