July 5, 2018 / 10:10 PM / 3 months ago

Sob pressão após denúncias, chefe da agência ambiental dos EUA renuncia

WASHINGTON (Reuters) - O chefe da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, Scott Pruitt, que elogiou o presidente Donald Trump por reverter regulações ambientais, mas ficou sob ataque por uma série de acusações por questões éticas, renunciou, disse Trump nesta quinta-feira.

O chefe da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, Scott Pruitt, durante reunião com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na Casa Branca, em Washington 21/06/2018 REUTERS/Jonathan Ernst

Pruitt ficou sob escrutínio por meses por causa de viagens em primeira classe às custas de contribuintes, gastos com segurança, conexões com lobistas e grupos industriais, acusações de usar seu gabinete para benefícios próprios, e uma cabine telefônica a prova de som de 43 mil dólares para seu escritório e o aluguel de um apartamento para a esposa de um lobista do setor energético.

Diversos parlamentares democratas e até mesmo alguns colegas republicanos pediram a renúncia de Pruitt.

    “Eu aceitei a renúncia de Scott Pruitt como administrador da Agência de Proteção Ambiental”, disse Trump no Twitter. Ele disse que o vice-administrador da EPA, Andrew Wheeler, irá se tornar chefe interino da EPA na segunda-feira.

    “Dentro da agência, Scott fez um trabalho incrível, e serei sempre grato a ele por isto”, disse Trump.

    Algumas das acusações de ética envolvem cargos para a esposa de Pruitt. E-mails obtidos pelo grupo ambiental Sierra Club mostravam que Pruitt fez com que um assessor entrasse em contato com o chefe-executivo de uma rede de fast-food para sua esposa se tornar dona de uma franquia. O Washington Post relatou que Pruitt fez com que assessores tentassem conseguir um emprego para ela na Associação de Procuradores-Gerais Republicanos, com um salário anual ultrapassando 200 mil dólares.

Durante depoimento no Congresso em abril, Pruitt não expressou arrependimentos, frequentemente culpando sua equipe por quaisquer atos irregulares da agência. Parlamentares apresentaram perguntas duras sobre umas série de questões, também incluindo aumentos nos salários de principais assessores e relatos de retaliação contra denunciantes da EPA. Democratas acusam ele de condutas irregulares sem fim.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below